O teste do pezinho não detetou a vida normal começou
Mas ao fim de 2 anos tudo mudou
E o nosso mundo desabou
Não queríamos acreditar
Uma doença rara
Cujo nome é difícil de pronunciar
Seguimos o nosso caminho
Tentando a nossa vida adaptar
Sempre foste bom menino
Com muito amor para dar
E a vida foi-nos ensinando
Que temos de seguir em frente
Umas vezes sorrindo, outras chorando
Apenas vivendo o presente
Depois do hábito, a certeza
Não havia cura possível
Mas não havia maior riqueza
Que o teu ser insubstituível
A APOFEN surgiu
Para muito nos ensinar
E tudo o que se seguiu
Veio para ficar
Primeiro os Encontros Nacionais
Depois os campos de férias
Emoções Brutais
Em todas as matérias
Juntos fomos aprendendo
Cada dia um pouco mais
Vivendo e crescendo
Com pessoas fenomenais
O tempo trouxe confiança
E astúcia no conhecimento
Deixaste de ser uma criança (Luís)
Ensinas (-nos) tanto a cada momento

Vera Silva